Melhor Turismo 2020



 

 

 

 

PROJETO CONJUNTO FORMAÇÃO AÇÃO DIRIGIDO AO SETOR DO TURISMO
Aviso nº 12/SI/ 2019



ATRAVÉS DESTE PROJETO DE FORMAÇÃO-AÇÃO PRETENDEMOS:

Intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas, apoiada em temáticas associadas à inovação e mudança, através de:

  • Aumento da qualificação específica dos trabalhadores em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas;
  • Aumento das capacidades de gestão das empresas para encetar processos de mudança e inovação;
  • Promoção de ações de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas.


O Programa de Formação-Ação dirigido ao Setor do Turismo, visa o reforço da capacidade competitiva das empresas e a promoção do emprego no setor do Turismo, concentrando a sua ação no apoio à consolidação e qualificação do tecido empresarial do setor.


PÚBLICO – ALVO:
Empresas até 50 trabalhadores localizadas na NUT II centro.

FORMANDOS:
Cada empresa pode envolver até 3 (três) trabalhadores/formandos em cada ciclo. Cada trabalhador/formando tem de completar todo o percurso formativo (componente formação e componente consultoria de acordo com a carga horária da temática onde se insere).

ESTÃO ABRANGIDAS AS SEGUINTE CAE’s:
49 – Transportes Terrestres
50 – Transportes por água
51 – Transportes aéreos
52 – Armazenagem e atividades auxiliares dos transportes
55 – Alojamento
56 - Restauração e similares
77 - Atividades de Alugueres
79 - Agências de viagem, oper. turísticos, outros serv. de reserva e ativ. relacionadas
82 - Atividades de serviços administrativos e de apoio prestados às empresas
86 – Atividades de saúde humana
90 – Atividades de teatro, música, de dança e outras atividades artísticas e literárias
91 - Atividades das bibliotecas, arquivos, museus e outras atividades
93 - Atividades desportivas, de diversão e recreativas
96 - Outras atividades de serviços pessoais.

DURAÇÃO DA INTERVENÇÃO:
Os projetos poderão ser desenvolvidos entre 2019 e 2021 de acordo com o seguinte padrão:

A - Ciclo de Gestão de Microempresas: máximo 12 meses
i) Duração prevista para a componente de formação: 24 horas
ii) Duração prevista para a componente de consultoria: 36 horas

B - Ciclo de Planeamento: máximo 24 meses
i) Duração prevista para a componente de formação: 40 horas
ii) Duração prevista para a componente de consultoria: 60 horas


ÁREAS TEMÁTICAS DO PROJETO:

A - Ciclo Gestão de Microempresas:
Abordagem no desenvolvimento e reforço das capacidades de gestão, nas PME que devido à sua dimensão e organização precisam de um modelo de intervenção que vá de encontro às suas necessidades, disponibilidade e motivação. Abordagem mais focada na formação on the job, mais prática e menos teórica em domínios de competências base de gestão, e que privilegia a identificação de temas críticos para o desenvolvimento e modernização do setor.

Objetivo Geral:
Responder às necessidades, principalmente, das PME até 5 trabalhadores com défices de conhecimento em matérias de base.
 
Linhas Orientadoras:

  • A intervenção contempla o desenvolvimento das competências dos trabalhadores das PME do setor através da realização de formação que permite reforçar a sua capacidade de resposta em domínios de qualificação considerados críticos para o setor. Esta intervenção apoia-se nos exercícios de diagnóstico de âmbito setorial previamente realizados, articulando-os com as necessidades explícitas pelas empresas;
  • A abordagem a efetuar deve ser adequada `dimensão e necessidades das PME alvo, nunca tão aprofundada como nas temáticas do ciclo de Planeamento. Pretende-se que este ciclo seja uma primeira alavancagem para a motivação e preparação das PME com o intuito de adquirirem conhecimentos que, posteriormente, permitirão intervenções mais aprofundadas.


As PME, têm obrigatoriamente, de ser objeto de intervenção nas duas temáticas:

  • Capitalizar: otimização de recursos financeiros
  • Economia Digital


B - Ciclo Planeamento

Abordagem orientada para a qualificação das PME e dos seus trabalhadores em domínios de desenvolvimento de competências priorizados pelo exercício prévio de diagnóstico, como etapa chave para o desenho e organização do processo de formação.

Objetivo Geral:
Melhorar o desempenho organizacional e a capacidade competitiva das PME do setor através do desenvolvimento de competências em problemas especificamente identificados.

Linhas Orientadoras:
Intervenção dirigida a PME que pretendem resolver problemas de gestão, organização e funcionamento, previamente identificados e caracterizados. A abordagem proposta centra-se na promoção da eficiência organizativa global, através do reforço das qualificações dos trabalhadores da PME:

  • Implementação de Sistemas de Gestão


CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE DAS PME:
 - Ser uma PME – Certificado PME                        
 - Dispor de Contabilidade Organizada                        
 - Ter situação regularizada face às Finanças e Segurança Social            
 - Ter a atividade licenciada                            
 - Garantir o pagamento da Contribuição privada                
 - Não ser uma empresa em dificuldades.
 - Encontra-se legalmente constituída
 - Ter sede na NUT II Centro
 - Ter situação liquida positiva
 - Não ter Salários em atraso
 - Obedecer à regra de Auxilio Minimis dos apoios concedidos

 

FICHA DE PRÉ ADESÃO

Para mais informações sobre este projeto, é favor contactar a AIRV, através dos seguintes contactos:
AIRV – Edifício Expobeiras – Parque Industrial de Coimbrões – 3500 618 Viseu
Tel: 232 470 290  Fax: 232 470 299  Email:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 


POLITICA DE PRIVACIDADE

Edifício Expobeiras – Pq. Industrial de Coimbrões – 3500 - 618 – VISEU

tel: 232 470 290 tm: 934 470 290 – fax: 232 470 299 – email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

CRC Viseu e NIF nº 501 339 612

AIRV 2007 © Todos os direitos reservados.